DEFI 0 – Tudo o que você precisa saber

Dec 7, 2021 | Sem categoria | 0 comments

image 2 1Se você já está dentro do mercado cripto há algum tempo, certamente já ouviu muito esta expressão. Mas, afinal, o que é DeFi?

Confira nosso artigo e esclareça todas as suas dúvidas com relação ao tema.

O que é DeFi?

DeFi é uma abreviação para “Decentralized Finance”, ou “Finança Descentralizada”, em tradução livre. O conceito é bastante amplo, porém, em resumo, refere-se a todo tipo de economia digital livre.

O Bitcoin é o precursor da indústria descentralizada. Por meio de sua criação, milhares de outros projetos DeFi foram criados e estão em pleno funcionamento no mercado.

Trata-se, portanto, de uma verdadeira revolução digital, na qual usuários podem negociar livremente bens e serviços, sem a necessidade de uma contraparte de confiança para efetuar a transação.

Você pode fazer de tudo dentro de DeFi: comprar e vender criptomoedas, investir, adquirir imóveis, vender seus produtos e serviços… Não existem limites para a economia descentralizada: é possível realizar operações financeiras como se estivesse utilizando uma moeda fiduciária.

DefiDeFi x finanças tradicionais

Durante muito tempo, as pessoas se acostumaram a fazer transações por meio de contrapartes de confiança. Isso faz com que as transações sejam mais caras, pois englobam inúmeras taxas e impostos ao longo de sua execução.

No caso das finanças descentralizadas, é possível executar as mesmas tarefas com taxas muito mais baratas (em alguns casos, sem taxa alguma), maior velocidade, privacidade e segurança.

As principais tecnologias de consenso utilizadas pelas finanças descentralizadas são:

Proof-Of-Work (PoW) – Computadores são dedicados exclusivamente à mineração de ativos digitais. Os mineradores validam transações, garantem segurança à rede, velocidade nas transações e a criação de novos tokens na rede. São recompensados por moedas ao longo de seus trabalhos;

 

Proof-Of-Stake (PoS) – Usuários armazenam as criptomoedas em nodes (nós) para validar transações e garantir a velocidade da rede. É preciso armazenar uma quantia específica de criptomoedas para rodar os nodes, o que varia de acordo com cada projeto.

 

image 3 1

Para não ficar de fora, as instituições bancárias tradicionais estão fazendo uso de tecnologias blockchain para aumentar sua segurança e reduzir custos operacionais.

A utilização de tecnologias blockchain dentro das instituições de economia centralizada apenas ilustra o poder da economia livre, sem relações com bancos centrais ou bancos, com suas elevadas taxas de serviços.

No entanto, se você deseja converter seu saldo em cripto para fiduciário, não tem problema: é possível negociar diretamente com outros usuários, em negociações de ponta a ponta (P2P) ou por meio de exchanges (corretoras de criptomoedas).

O forte avanço da economia descentralizada tem incomodado autoridades governamentais ao redor do mundo. Por conta disso, países estudam diversas regulamentações para tentar controlar (ou mesmo proibir) seu uso.

De toda forma, é possível afirmar que o mercado DeFi veio para ficar e é o principal responsável pela independência econômica global.

VEJA TAMBÉM: https://coinshopp.io/pt/o-que-sao-tokens…mecar-a-investir/

No Results Found

The page you requested could not be found. Try refining your search, or use the navigation above to locate the post.

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published.