Tokenização e Criptografia: Qual a Diferença?

Dec 17, 2021 | Uncategorized | 0 comments

Tokenização e Criptografia:

Confundir os dois assuntos é perfeitamente normal: afinal, tanto criptomoedas como blockchain são tecnologias bastante recentes.

Por incrível que pareça, são dois conceitos bem diferentes. Entendê-los é fundamental para que você entenda, de fato, como as coisas funcionam no mundo blockchain.

Entenda, de maneira simples, de que se trata tokenização e criptografia e porque os tokens são tão importantes para a segurança das aplicações.

1*jtD74rBKvdt GOUchcsHg


Criptografia: o que é?

De forma bem resumida, a criptografia faz uso de técnicas de programação para codificar informações, tornando-as impossíveis de serem decifradas por terceiros mal-intencionados.

Diversas técnicas de criptografia são utilizadas por praticamente todas as aplicações web, que garantem a privacidade e segurança de seus dados. Ainda que um ataque hacker bem-sucedido vaze informações, estas não serão facilmente decodificadas pelos criminosos, pois estão registradas de maneira ilegível para terceiros.

Suponha que você cadastrou seus dados pessoais (nome completo, endereço, dados de cobrança etc.) em um site de e-commerce. Os dados que você inseriu, por meio da criptografia, serão codificados por informações indecifráveis, como caracteres adicionais, embaralhamento de dados, inserção de caracteres especiais etc.

tokenização

Tokenização: o que é?

Um token nada mais é que a substituição de informações por códigos indecifráveis — e essa é a única semelhança que a tokenização tem com relação à criptografia.

Sua principal diferença é que, no caso da tokenização de informações, não é preciso fazer mudanças na estrutura do banco de dados. Sua implementação, portanto, garante ainda mais privacidade e seguranças às informações, sem prejudicar a estrutura de dados da plataforma em questão.

Os tokens são amplamente utilizados por grande parte dos processos bancários. O envio de uma TED gera um token de identificação da transação, que é indecifrável para terceiros. Os dados são destokenizados (decodificados) apenas durante as etapas finais da movimentação financeira, seguindo rigorosos procedimentos de segurança para garantir a integridade das informações.

1*H2DvFVrgsrN4BqN8Ndbi A

Por que a tokenização é a melhor opção?

Enquanto o processo de criptografia exige ajustes — muitas vezes complexos — dentro da estrutura de banco de dados da plataforma, os tokens simplificam bastante a vida dos desenvolvedores.

Além disso, a tokenização de informações garante camadas de segurança ainda mais robustas que as criadas pela criptografia tradicional.

Outra vantagem é sua escalabilidade: enquanto mudanças criptográficas tradicionais exigem mudanças profundas estruturais, os tokens permitem um crescimento mais saudável e contínuo do ecossistema digital.

Em resumo, a tokenização é útil em qualquer cenário digital, mas seu principal uso tem ocorrido em transações financeiras.

Veja Também: O que são tokens? Por que você deve começar a investir?

Mixers de criptomoedas: Saiba tudo sobre

Mixers de criptomoedas: Saiba tudo sobre

Quer aumentar a segurança e a privacidade de suas criptomoedas? Os mixers podem ajudar você com isso! O que são? Mixers de criptomoedas são serviços que misturam seus ativos digitais com os de outros usuários. No final do processo, uma nova carteira é criada com o seu...

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published.